Notícias sobre Esporte

ADEUS e Despedida chocante: Renovação de Gabigol no Flamengo fica ainda mais complicada

Renovação de Gabigol no Flamengo fica ainda mais complicada. Foto: Reprodução

O adiamento do julgamento de Gabigol por suposta fraude em um exame antidoping foi um dos principais fatores que impactaram diretamente as negociações para a renovação de seu contrato com o Flamengo.

Antes da audiência na Suíça, o departamento de futebol do Flamengo havia sinalizado a possibilidade de retomar as negociações caso o atleta fosse absolvido. Contudo, com o julgamento adiado, a diretoria do clube decidiu aguardar a nova data, prevista para o segundo semestre de 2024, para reavaliar a situação.

Atualmente, o Mengão está vivendo seus melhores momentos. Com uma série de vitórias, o Malvadão é o líder do Campeonato Brasileiro, está classificado para o mata-mata da Copa do Brasil e está nas oitavas de finais da Libertadores.

Flamengo vai renovar o contrato com Gabigol?

Durante este período de espera, o Flamengo espera que Gabigol se reinvente e mostre seu valor para justificar uma renovação. Essa abordagem segue uma estratégia já aplicada em negociações anteriores com outros grandes jogadores do clube, onde a diretoria não cedeu a pedidos fora da realidade financeira.

Desde o início de junho, Gabigol está autorizado a assinar um pré-contrato com outro clube, mas tanto ele quanto seus agentes preferem esperar pela definição do tribunal antes de traçar um plano alternativo ao Flamengo. A incerteza sobre seu futuro mantém as opções em aberto.

Caso a punição inicial de dois anos seja mantida, Gabigol ficará sem contrato até abril de 2025. Por outro lado, se for absolvido, ele poderá continuar jogando sob o efeito suspensivo, como tem ocorrido até agora. Essa situação complexa adiciona mais pressão sobre o jogador e o clube.

Atualmente, Gabigol veste a camisa 99 e é reserva do técnico Tite. Apesar de marcar um gol contra o Vasco recentemente, suas atuações não têm sido convincentes. No ano passado, durante as negociações de renovação, Gabigol pediu 10 milhões de euros (R$ 57,6 milhões) em bonificações até 2028, mas o Flamengo recusou a proposta.