Notícias sobre Esporte

Declaração do Técnico do Bolívar sobre o Flamengo surpreende a todos

Flavio Robatto surpreende em declaração sobre o Flamengo. Foto: Reprodução

O sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores trouxe um confronto que promete ser eletrizante: o Flamengo, enfrentará novamente o Bolívar, equipe boliviana que já cruzou caminhos com o time carioca na fase de grupos da competição. Após a derrota por 4 a 0 no Maracanã, o técnico do Bolívar, Flavio Robatto, não escondeu sua frustração ao ter que encarar novamente o Flamengo, reconhecido como o maior adversário da competição.

Medo do Flamengo?

Em sua primeira entrevista após o sorteio, Flavio Robatto não deixou dúvidas sobre o quão desafiador será o confronto contra o Flamengo. Ele classificou o time carioca como “o rival mais duro que podíamos pegar, a equipe mais difícil da competição”. Robatto destacou o imponente cenário do Maracanã como um obstáculo a ser superado, mas ressaltou que sua equipe precisará focar no aspecto futebolístico, montando a melhor estratégia e preparação possível para os jogos de ida e volta.

“É o rival mais duro que podíamos pegar, a equipe mais difícil da competição. (Maracanã) É um cenário imponente, difícil, mas temos que focar no futebolístico, armar a melhor estratégia e preparação para este jogo e o da volta em La Paz”, apontou.

Apesar da derrota no primeiro encontro, o técnico do Bolívar não vê o confronto como uma revanche. Ele reconhece que seu time também venceu o Flamengo durante a fase de grupos e que a equipe carioca é a “maior da competição”. Robatto afirma que será um duelo “duríssimo”, mas que sua equipe irá com “muita fé, muita gana”, esperando que não haja lesões nos jogadores convocados para as seleções nacionais.

“Não (vê como revanche). Nós também ganhamos deles, fomos o primeiro do grupo, mas é a maior equipe da competição. Será um confronto duríssimo, mas vamos com muita fé, muita gana, esperando que não haja lesões nos jogadores que estão na seleção”.

Para o Bolívar, encarar o Flamengo é uma tarefa excepcional. O time carioca é amplamente reconhecido como o grande favorito à conquista da Libertadores, com um elenco recheado de estrelas e uma equipe técnica experiente. No entanto, Robatto acredita que o confronto será “equiparado entre as equipes”, demonstrando confiança na capacidade de seu time.